Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Cânion de Xingó

O Cânion de Xingó

Sobre uma abundância de água doce
Estou a navegar
É o Velho Chico a me carregar
Para o caminho estreito

Um lugar de paredes de pedra
Esculpidas pelo tempo
E polidas pelas mãos das águas
Que touxera a vida

É como se fosse um sonho
O seu leito a me levar
Para o paraiso do talhado
Onde poderei, enfim, te furar

E descer até as suas profundezas
Para contigo medir forças
E subir com a certeza
De que és inocente
Ed Ramos
Enviado por Ed Ramos em 26/04/2019
Código do texto: T6632721
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ed Ramos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
424 textos (5175 leituras)
22 áudios (1039 audições)
5 e-livros (888 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/19 05:37)
Ed Ramos

Site do Escritor