Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Decifrando o enigma

Quem tu és?
Alienígena, infante
homem importante
nascente ou vazante
que arrisca na vida a sorte
querendo o tudo entender?

Quem tu és?
Lunático entre nuvens
Astro de brilho constante
Riso de lábios cerrados
Tateando o abismo de tudo?

Quem és tu, que se esconde
Na vírgula, no ponto, entre aspas
Mas tua alma está à mostra
Nas entrelinhas da escrita?

Eu sei quem és tu.
Tu és o Sol que invade
a escuridão dos cômodos
pelas frestas, pelas grades
e fotografa o instante.

Tu és mais. És o grito na mordaça
que perfura o tempo e mostra a farsa
de almas impuras, eu sei.

Tu és a curva da estrada
que alguns temem, como ninguém
Porque tu sinalizas os atalhos
dos que roubam, matam, estraçalham
travestidos de poder.

Tu és o sorriso do vento
que brinca entre os cabelos...
Esparramando as folhas versadas
tu és Poeta também.

Tu és o lápis na orelha
O cigarro no cinzeiro...
A verdade nua e crua
é que tu és um Poeta, que eu sei.
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 02/01/2005
Código do texto: T1047


Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
510 textos (26655 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/06/20 15:40)
Dora Leal