Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACOMETA-ME




Cometa que passa no meu céu estrelado
Que me faz cometer loucuras anil
Embebedando-me do teu mel no cantil
Que trazes no teu passeio atrelado ao sinal
Cometa, cometa também tua loucura
Acometa-me

Deixa-me louca em tuas estranhas
Possua-me de formas estranhas
Aonde nem mesmo os deuses chegaram
Como insana luz, deixa-me queimar-te a pele
Dourar tuas faces e fazer arder-te de prazer


Acometa-me, Cometa fugaz e ligeiro
Feito risco de foguete que rabisca minha pele
Tatua-me de tua passagem milenar
Na miscelânea do meu ser ágil e herege

Reage , emerge da estagnação que te colocaste
Eu te espero e te quero
Passas loucamente...e loucamente passo-me em ti
Cometa de luz fulgente, nem sempre estarei aqui
Não demores tanto para chegar
Pois também sou cometa e por outro céu irei passear

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 09/04/2005
Código do texto: T10497


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (952730 leituras)
16 áudios (8941 audições)
311 e-livros (34558 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/07/20 16:05)
Denise Severgnini