Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Revela-me Chama

Tudo que tenho agora é o surto continuo
querer sempre olhar para o belo rosto
que me faz devanear na busca do lume,
que brilha no verde absoluto de lindos olhos,
no inflamado vermelho dos lábios sensuais.
É esta a chama que produz fausta e delicada luz.
Inspira-me. Revela-me chama ainda mais bela, é Ela.
Fonte dos meus versos que passeiam
na solidão de meu universo.
Pousa poeira temporal
dos fragmentos de pensamentos,
pintados em arco-íris com mais de mil cores.
Sonhos, acréscimos de sensibilidades.
Não objeto abandono apelação da carência.
E sim, a árbitra lei da absoluta vontade
dos corpos ocuparem o mesmo lugar no espaço,
em justa harmonia surpreendida pela alegria
dos suspiros de ardentes arrepios,
provocados pelos mais de mil tremores,
de tanto querer provar o gosto
da gula de mais de mil sabores.
Entre águas e chás dos perfumes
de mais de mil flores.
Como búzios e conchas,
talvez nunca jamais houve
sentimento semelhante,
entre mais de mil amores.
Plínio Sgarbi
Enviado por Plínio Sgarbi em 05/03/2006
Código do texto: T118876
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Plínio Sgarbi
Jaú - São Paulo - Brasil, 59 anos
241 textos (248616 leituras)
21 áudios (3311 audições)
5 e-livros (531 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/21 03:39)
Plínio Sgarbi