Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enquanto

Não te beijei as mãos
enquanto as águas ferviam
Mas te dei os ombros
meio em desalinho
Não te beijei as faces
enquanto as lágrimas caiam
Mas te fartei de colo
aconchego e ninho...
Não te aprisionei em gaiolas.
Sabia dos teus intensos vôos
em busca de carinhos
Não te fiz a palmatória do mundo
Nem te sagrei santo,
nem te sangrei muito.
Beija a minha boca enquanto
o dia é verde. Passeia em
meu corpo enquanto ainda sou tua
Olha-me assim com o desejo em fúria
que lamberei teu corpo
como se fosse Lua.
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 14/03/2006
Código do texto: T123254


Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
510 textos (26800 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/04/21 01:06)
Dora Leal