Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando a poesia acabar...

Quando a poesia acabar
apaguem as luzes, por favor.
Apaguem também a vida, este andar cego para coisa nenhuma.
Apaguem as lembranças, estas que pesam como tédios.
Tudo o que é sonho,
tudo o que é estupidamente real,
tudo o que é abstrato,
tudo o que é concreto,
todo o meu coração insatisfeito,
apaguem, apaguem tudo!
Que só reste silêncio e escuridão
sobre e em torno de mim,
quando a poesia acabar...
Diógenes
Enviado por Diógenes em 23/04/2005
Código do texto: T12722

Comentários

Sobre o autor
Diógenes
Chapecó - Santa Catarina - Brasil, 42 anos
19 textos (719 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/07/20 15:28)
Diógenes