Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Grito!!

Não calo!
Esta ânsia, que não me deixa
Dá-me ganas de gritar.
Por tão perene que me invade
Assim sonhada e profana,
Obriga-me a esmolar,
Percorre meu ser,
Dos pés à minh’alma insana,
Meu fado, jaz acalentado…
Cala-me o desejo,
Nesta vida mundana,
Dá-me apenas um beijo,
Para matar saudades…
Este momento, que sei…
Nunca o viverei
Por isso, calo!


Para ler nos dois sentidos.

© Luís Monteiro da Cunha
2005-12-26
Luís Monteiro da Cunha
Enviado por Luís Monteiro da Cunha em 02/04/2006
Código do texto: T132756


Comentários

Sobre o autor
Luís Monteiro da Cunha
Portugal, 58 anos
36 textos (849 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 10:41)
Luís Monteiro da Cunha