Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPO DE CRIANÇA - II

TEMPO DE CRIANÇA - II
(©Yara Nazaré - 09/01/2005)

Hoje vou fazer a festa
Acordar e brincar à beça
Voltar ao tempo de criança
Vou brincar no gramado
Banhar na chuva, na calçada
Pular "Corda" e "Amarelinha"
Vou servir de "Cabra Cega"
E ninguém vai me assaltar
Nem minha canoa vai virar.

A "Boca do Forno" não me pega
Vou logo encontrar a senha
Correr e ao "chefe" entregar
O anel que ele me presenteou
Não era de vidro nem se quebrou
Tem um brilhante de verdade
Aquele que selou nosso noivado.

Não vou deixar que atirem
O pau no pobre do gatinho
Ele vai deitar no meu colo
E comigo vai testemunhar
Que o amor que tu me destes
É de verdade, sim senhor
Com o tempo ficou mais sereno
E a cada dia mais aumentou.

Não vou deixar que o cravo
Brigue com a sua linda rosa
Nem vou deixar o balão cair
Para a grama não queimar
Pois alguém vai logo me dizer
Que o meu boi não morreu
Amanhã ele chega do Piauí.

Quem bate eu posso saber?
Corro, abro a porta a cantar
É o "Anjo do Bem" a sorrir
"Trouxe a alegria para ti"
Diz o anjo ao entrar!

Yara Nazaré
Enviado por Yara Nazaré em 11/01/2009
Código do texto: T1379930

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Yara Nazaré
Brasília - Distrito Federal - Brasil
10 textos (455 leituras)
2 e-livros (705 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/21 09:05)
Yara Nazaré