Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Osso duro de roer

Nada há de me abalar
Muito menos me abater
Sou um sobrevivente
E vou sobreviver
Já fui por demais carente
De amor para viver
Já vivi muitos anos
Sem amigos para me fortalecer
Agora tudo mudou
Tenho amor e filhos
Amigos e o brilho
Da luz de Deus
Pouco importam as trapaças
Dos modernos fariseus
Sou forte e tenho raça
E muita vontade de viver
Não tem destino, nada
Que me impeça de vencer
Sou adestrado pela vida
Osso duro de roer
Essa maré logo passa
E antes que a semana acabe
Um trabalho novo eu vou ter
Depois erguerei a taça
E vou brindar à graça
De um novo alvorecer!

cacaubahia
Enviado por cacaubahia em 08/05/2006
Reeditado em 22/03/2009
Código do texto: T152728


Comentários

Sobre o autor
cacaubahia
Palhoça - Santa Catarina - Brasil, 60 anos
351 textos (43511 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 21:09)
cacaubahia