Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM PORQUÊ

Para que tanta força a ebulir
se há grilhões, se há amarras,
se pressentidas garras
marcam sulcos de ranhuras
no âmago negligente
onde o ímpeto se debate
e ofegante, aprisionado,
não tem como sair?





Sonia R
Enviado por Sonia R em 09/05/2005
Código do texto: T15734

Comentários

Sobre a autora
Sonia R
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil
986 textos (108156 leituras)
3 áudios (811 audições)
3 e-livros (481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/07/20 14:19)
Sonia R