Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espera

Não chore mais.
Não me espere para o jantar.
Porque ficou difícil sair daqui.
E com certeza, quando eu chegar,
já estará sonolenta e mal-humorada.
Estou qui por acaso,
Por vontade,
Por desígnio divino.
Não sei ao certo.
Querida, não pense que tudo está errado.
Está até muito certo.
Está até no lugar.
Quando eu chegar,
E o dia amanhecer,
Me encontrará ao seu lado.
Me encontrará cansado,
Exausto.
Mas mesmo assim, espere.
Porque parte da vida é a espera.
Fazer o quê?
Não me culpe por tanta coisa.
Não me responsabilize,
Por caminhos tortos que a vida toma.
Eu vou chegar.
E quando chegar,
O inverno passará.....
EDUARDO PAIXÃO
Enviado por EDUARDO PAIXÃO em 18/05/2006
Código do texto: T158295

Comentários

Sobre o autor
EDUARDO PAIXÃO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1722 textos (28701 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/19 21:50)
EDUARDO PAIXÃO