Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volta

E como a vida se partisse,
pouco ouvi de quem nada disse.
Vaguei por labirintos desconhecidos
em dias mal amanhecidos.

Os caminhos foram vários,
tantas máscaras em tantos armários.
Por fim, prenderam meus canários
e destruíram meus cenários.

Mas eis que volta a Oriental delicadeza,
dispo-me da aspereza e visto a certeza
de ser aquele que sempre tece,
o que nunca se esquece.

É a vida que retorna,
a gota que entorna
e o sopro de uma carícia morna.

Fabio Renato Villela
Enviado por Fabio Renato Villela em 28/05/2009
Reeditado em 20/06/2014
Código do texto: T1619811
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Fabio Renato Villela
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
1758 textos (563609 leituras)
1 áudios (48 audições)
4 e-livros (6771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 02:32)
Fabio Renato Villela