Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MENTIRA

Mentira

 

Se nunca tivesse  palavras
Aliciando meus silêncios
Levando-me a quietude
De ser o meu ser. Só calar.

 
E não revelassem meus gestos
Fazendo meus atos , confessos
Contrários ao  pronunciar

 
Que tivesse a estupidez
Dos que não sabem pensar
As mãos fraquejadas inertes
Sem pena poder empunhar

 
Que o silêncio dos mortos
Em mim se fizesse encontrar
Com ele a cegueira, o breu
Viessem também me abraçar

 
Somente assim poderia
Fazer-me calúnia um dia
Dizendo não te amar


Registrado na Biblioteca Nacional-todos direitos reservados

 


elainemalmal
Enviado por elainemalmal em 11/05/2005
Código do texto: T16300


Comentários

Sobre a autora
elainemalmal
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
7 textos (274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 21:02)
elainemalmal