Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À Imortal Amada...

 

A natureza é sábia.


Pérola perfeita de rosto talhado
pelos ventos virgens da natureza.
O murmúrio verdadeiro dos bosques verdejantes
contaram-me em sonhos de tua sublime e pura beleza:
- Borboletas de cristais transparentes desenharam teus lábios lascivos.
- Um lago de esmeraldas esmeradas coloriu tuas pupilas de menina.
- Dos raios solares d``oiro, as musas teceram os teus ternos cabelos.
- Seus braços e pernas foram construídos do mármore de Pigmalião.
- Os seus seios são preciosos diamantes com aureólas de rubis.
- Suas formas são verdadeiramente harmoniosas e inebriantes.
- Sua pele é de uma brancura macia da neve e da vestal seda.
Nada mais me contaram os bosques, apenas....A natureza é sábia.

Da purpúrea meia-noite silente,
o Aedo Danilo canta respeitosamente à amada,
Ninfa de olhar enlevado que me leva
a ser cavalheiro admirador de teu intelecto e hegemônica beleza.



Danilo Soares Bomfim
Enviado por Danilo Soares Bomfim em 05/06/2009
Reeditado em 06/06/2009
Código do texto: T1633446

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Danilo Soares Bomfim
Sobral - Ceará - Brasil
5 textos (222 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 04:12)
Danilo Soares Bomfim