Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sala de espera

Na sala de espera da vida
deixaste teus ideais e quimeras
aprisionados na tua covardia.
Tenho pena da tua solidão,
da tua covardia
quando a areia correr
por entre os dedos
e a mão ficar vazia.

Cuida que é tempo
de libertares
tuas emoções
mais caras e completas
Para viver em plenitude
e em essência
o que a vida, ainda,
te quer dar.

Não tardes,
para que não seja
tua companhia,
o vazio de um teatro
quando o espetáculo acaba,
as luzes se apagam
e o silêncio apavora.
Maria Alice Estrella
Enviado por Maria Alice Estrella em 12/05/2005
Código do texto: T16631


Comentários

Sobre a autora
Maria Alice Estrella
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
13 textos (1242 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/07/20 22:18)
Maria Alice Estrella