Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alígero

Na pintura sem feições
O grotesco símio
Que a sorte traiu
Sob a lua da miséria

No contraste o sublime
O trágico é agradável
Aos olhos do monstro
Misteriosos temores

Esqueletos e armários
No fundo d’alma
Um mal sem cura
Arabescos sem sentido

Linguagem poética
Nos delírios de outrem
Modernizada a morte
Pelo olhar aguçado

Encare seus demônios
Na escura noite
Uma esperança mulher
Em determinada arte.

              Agripina

Agripina
Enviado por Agripina em 26/06/2009
Código do texto: T1668332

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Agripina
Navegantes - Santa Catarina - Brasil, 35 anos
10 textos (195 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 21:05)