Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INVENTÁRIO



Perdi o bonde da história
Não achei o fio da meada
Cheguei em plena madrugada
A voz na garganta entalada
Duvidei dos deuses expostos no altar
Tantas almas a se sacrificar
E tão poucos a louvar...
Ajoelhei e rezei...
Alah não escutou,
Buda fingiu que não ouviu
Profanei o templo de mim mesma
E fui professar outros credos
Emoldurei minha foto e sob ela
Meu epitáfio, eu coloquei
Rest in peace, alma sedenta
Deixou-te levar pelas falsas pedras
Bem feito, agora sofres...
Busca em teu leito jazente
O bálsamo as tuas chagas
Levante teus olhos de águia aos céus
Lá em cima, há um Deus que te ama
Que te chama...que te atende...
Quando por Ele clamas!!!

Denise




Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 15/01/2005
Código do texto: T1681


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (953151 leituras)
16 áudios (8941 audições)
311 e-livros (34561 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/08/20 18:51)
Denise Severgnini