Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANÇÃO DA NOVA MULHER

CANÇÃO DA NOVA MULHER
Lílian Maial



Grito-eco
Demolindo os medos
Canção que se alastra e enche o peito
Lágrima aventureira
Espada desembainhada sobre o destino.

Não há deuses
Ou homens,
Há as vozes
O clamor na garganta
A explosão.

Cacos
Laços
Passos

Pegadas fundas
Olheiras do chão

De tanto andar na contra-mão,
Hoje sou canteiro
E floresço tronco
Atirando-me semente
De amor
Ao som da voz fértil
Do meu próprio (re)parto.


************


Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 18/06/2006
Reeditado em 18/06/2006
Código do texto: T177942


Comentários

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1238 textos (275498 leituras)
21 áudios (14087 audições)
3 e-livros (1604 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/03/21 15:35)
Lílian Maial

Site do Escritor