Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem rumo

Rumos
Tropeçam noturnos,
Desencontram-se nas esquinas,
Bebem-se em tumultos.

Rumos
Sorrisos perdidos,
Entre verdades e perigos,
Aventuram-se em calçadas.

Rumos
Corpos desconhecidos,
Entrelaçam qualquer gemido,
Sem gosto do amanhecer.
Pupila
Enviado por Pupila em 20/05/2005
Código do texto: T18346
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
736 textos (23050 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/06/21 17:54)
Pupila