Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROSA INOCENTE

lisieux
 
esqueço o pudor,
e a vergonha secreta
ao teu louco amor
eu me abro, indiscreta

e a ti, docemente
eu entrego assim,  muda
a rosa  inocente
vermelha e desnuda

BH - 25.07.03
(inspirado em Rosa Indecente, de Otávio Coral)
lisieux
Enviado por lisieux em 21/05/2005
Código do texto: T18631

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
394 textos (14824 leituras)
3 e-livros (410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/20 10:09)
lisieux