Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHEGADA

Talvez não seja nada
Pode ser apenas
o vento soprando a palmeira
Uma brisa leve
que te beija o rosto
e logo passa
Mas pode ser também
o mesmo vento
trazendo uma alma
que busca um porto
para ancorar seu destino
Talvez seja aquela brisa
com saudade de um rosto
que não conhece
mas sabe que espera
a delicadeza do seu toque e
a magicidade de um encontro
Poder ser sua chegada
sem data marcada de volta
para viver um sonho
ou para sonhar uma vida.
Manoela Franco
Enviado por Manoela Franco em 20/01/2005
Reeditado em 09/05/2012
Código do texto: T2001


Comentários

Sobre a autora
Manoela Franco
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 37 anos
56 textos (3154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/06/20 15:09)
Manoela Franco