Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Longe de casa

 
 
Caminho só
Com o coração apertado,um nó
o vento frio vem acariciar o meu rosto
nem o luar veio me receber
nem as estrelas
 
Longe de casa
de madrugada
na beira da rua
sentado na calçada
 
Cansei de tentar
de ter a sorte
de alguém me ajudar
 
Dormir a céu aberto
e de coração fechado
ergo as mãos pro céu
e peço proteção
ao único que me vê
quero minha alma e corpo sãos
longe desse mundo
desprovido de amor
onde cachorros latem
pessoas se omitem
tampam os seus ouvidos
diante do meu grito
das minhas palmas...
 
longe de casa
perto do descaso
sem o abraço
com o coração
em descompasso
até que a escuridão
da noite,acabe
e o vento frio
do desamor,cesse.
 
 
 
 
 
 
Daniel Pinheiro Lima Couto
 

Daniel Couto
Enviado por Daniel Couto em 29/07/2006
Reeditado em 13/08/2006
Código do texto: T204367


Comentários

Sobre o autor
Daniel Couto
Curitiba - Paraná - Brasil, 38 anos
113 textos (6826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/03/21 01:23)
Daniel Couto