Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A coisa em mim

Hibrida como só ela sabe
Ser, num ir e vir que não sacia
Essa dor em poesia,

E da boca que se escarra
O beijo tácito, a coisa em mim
Faz algazarra, traz o motim,
Ela mesma me cospe a cara.

Ela revela e se revela
Quando em minha garganta
Arranha. Não se cala,
Sai e vomita.
   
E em seu largo espaço
Eu, poeta: me refaço.
Jamais a fiz,
Ela é quem me diz.


   
Mulungu
Enviado por Mulungu em 05/08/2006
Reeditado em 02/05/2010
Código do texto: T209702


Comentários

Sobre o autor
Mulungu
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
124 textos (7787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/02/21 16:40)
Mulungu