Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enquanto Chovia

Enquanto a noite chovia
Escorrendo finos filetes
No embaço da janela
A boca dela bramia
Rufando polifonia

A chuva tamborilando
Na vidraça desenhada
Eu mastigando chalaça,
Ela se contorcia

A cama inteira rangia
Num frenesi tresloucado
Quando rompeu o trovão
Em assombrosa  gargalhada

Lançando luz no escuro
Com brevidade cortante
Enquanto a chuva jorrava
Enquanto a noite sorria
José Mattos
Enviado por José Mattos em 02/06/2005
Código do texto: T21641


Comentários

Sobre o autor
José Mattos
Santa Rita do Pardo - Mato Grosso do Sul - Brasil, 57 anos
54 textos (2924 leituras)
1 e-livros (53 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/06/21 03:21)
José Mattos