Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

nas mãos

Tontos os versos
deparam-se com excessos,
pensamentos transeuntes
atravessam em qualquer direção
confundindo as palavras.

Tontos os versos
respiram cansaços,
que não sentem o embaraço
do tremor das mãos,
que insistem na criação.

Versos tontos,
tantos versos,
versos quantos,
enquanto versos;
intensamente vivem...

com a alma nas mãos.
Pupila
Enviado por Pupila em 18/09/2006
Código do texto: T243596
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
738 textos (23091 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/21 23:11)
Pupila