Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desgoverno


Feitiço desgovernado e sem calma
Atravessa o fogo dos milênios
Rege o corpo, impacienta a alma;
Ardil engastado de silêncios.
 
Aprisiona n'alma a carne malsã;
Fere os estatutos da harmonia,
Sentencia como criatura pagã
A viver em eterna rebeldia.
 
Apócrifos ou meros apêndices?
Reticente; eis o alvo hodierno,
Apascentado por crenças e crendices.
 
Arderá em seu próprio inferno;
Alma vã em corpo de tolices
Num pacto de amor pós-moderno
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 22/06/2005
Código do texto: T26778

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 65 anos
1101 textos (64498 leituras)
25 áudios (3313 audições)
1 e-livros (254 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/07/20 22:16)
Angélica Teresa Almstadter