Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COEFICIENTE

Um hoje tão evidente...

 ...O dia escandalosamente
guarda em si tudo e nada!
Há muita dor confinada
na vida que passa assustada
no espaço redondo do dia
e a gente sem saber de nada
do que o querer desafia.
Existe um existir com pressa
um outro bem devagar
que em vida igual, tropeça.

................................................

Do jeito que estou cansada,
o perto é só lonjura
minha vida, acidente
destino, norte sem cura.
Em torno, o meio ambiente
nas não o equivalente
nas contas a descontar,
encontros a desafiar,
desencontros, desfiar
nas contas a desabar

A contenção denuncia
desejo que asfixia.
Um hoje tão evidente,
mas não há coeficiente
entre a paz e a guerra
entre o choque e fio terra
entre a dor e a paixão
taquicardia e razão

Não encontro o resultado.
O coeficiente acertado
depois da vírgula exposto
bem pouco  explicitado
Após o zero, aposto.
Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 25/06/2005
Reeditado em 16/11/2005
Código do texto: T27586
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (12854 leituras)
1 e-livros (128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/07/20 13:49)
Elane Tomich