Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***Hora de Tudo Acabar***



As lágrimas são confetes, e caem no batom gasto
rolando doidas vedetes, na pele o tapete vasto
Esgueirando pela porta, desce a sombra em raio gris
a mim nada mais importa, o que ilumina o chão de giz

Espantalhos em retalhos, na nesga a torturar
a miúdo, em farfalhos, eu não posso mais guardar
E hoje nesta solidão, que a mim assim devora
o bater do coração, é um grito que implora

Em devaneios disparo, olhares em profusão
isso sempre foi tão raro, fogo, raio de trovão
e as lágrimas violetas, num jardim que nunca vi

Voam tal qual borboletas, esperando o colibri
sem asas foram embora, sem beijos para secar
é então chegada a hora, a hora de tudo acabar
by
***RosaMel***
fioredemel
Enviado por fioredemel em 22/07/2011
Código do texto: T3112601

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
fioredemel
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
279 textos (3539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 20:57)
fioredemel