Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OBJETO DE AMOR

Mulher de quarenta,
teu corpo de vinte
é o mais puro acinte,
eu eu aos cinquenta
me desmancho em teus olhos,
olhos pedintes,
que perderam o pudor
e me tentam e me medem
sem parcimônia,
cadê o pudor?
Virei objeto,
objeto de amor,
e mesmo no inverno,
sinto calor.
lineu de paula
Enviado por lineu de paula em 15/07/2005
Código do texto: T34651

Comentários

Sobre o autor
lineu de paula
Estados Unidos, 66 anos
148 textos (11654 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/07/20 08:35)
lineu de paula