Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REVELAÇÃO INTIMA

Não lhes contarei
Toda a Verdade
Pois sabem de mim
As auroras e os ocasos
As horas de lucidez
E Paz

Há certo vislumbre
De Plenitude no meu olhar

Ai de colhê-la duma só vez
E de súbito tornar-me
Relato fiel decantado em versos

Não lhes darei
A exata medida do meu pranto
O manancial íntimo do meu anseio

Dar-lhes-ei
O arco-íris do após
O dia ensolarado
Afinal tudo é sempre
Vida morte e vida

Dar-lhes-ei
Esses grandes espaços
Tolhidos entre os laços
Do Oriente ao Ocidente

E meu coração
Assim não cabe mais
Senão em vós


Jean Pierre Barakat
Enviado por Jean Pierre Barakat em 05/02/2005
Reeditado em 22/01/2013
Código do texto: T3479
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Jean Pierre Barakat
Fortaleza - Ceará - Brasil, 56 anos
111 textos (5086 leituras)
1 e-livros (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/08/20 00:09)
Jean Pierre Barakat