Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O dia da ira

Minha fé morreu de repente
como, de repente, milhões
de meus irmãos.
Meu amor morreu de repente
meu avô morreu de repente.
- Neste ponto Deus suspira,
senta-se, pesado, no trono
vira o rosto sardônico
cospe no mundo.
claudia lidroneta
Enviado por claudia lidroneta em 18/07/2005
Código do texto: T35428

Comentários

Sobre a autora
claudia lidroneta
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 52 anos
50 textos (1380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 06:14)
claudia lidroneta