Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Sereia e o Pescador...

Cantava... a sereia cantava...
Cantava sua dor... cantava o amor.
Pelo mar... seu triste canto ecoava,
Atingindo o peito do seu pescador.

Ao ouvir seu canto o oceano calou.
Estrelas do mar choravam...
Netuno... sequer falar... ousou...
Os peixes tudo acompanham...

A sereia cantava numa voz magistral.
Seu canto penetrava corações...
Naquele místico e belo ritual...
Provocando intensas emoções.

Golfinhos puseram-se a dançar
Com aquele formoso canto.
Gaivotas começaram a planar.
Qual delicado e branco manto.

Declarava a sereia o seu amor...
Vibrava seu apaixonado pescador
Num misto de desejo e temor...
Era aquela sereia todo seu ardor.

O mar se abriu levando as embarcações.
Tragando tudo... homens e baleias...
Com a violência... a ira dos furacões
O pescador se foi...  sumiu a sereia...

Ninguém morreu, mais belo ficou o mar.
Vestiu-se de gala... a natureza...
Tudo virou um conto espetacular...
Repleto de fantasia e riqueza.

Há quem afirme ter magníficas visões...
Em noites quentes e de lua cheia...
Apaixonados e felizes aparecem os dois...
Brincando no mar ou deitados na areia!

Mary Trujillo
25.02.2012

Um pequeno conto poético
 
Respeite os direitos autorais
Mary Trujillo
Enviado por Mary Trujillo em 28/03/2012
Código do texto: T3581903

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Trujillo
São Paulo - São Paulo - Brasil
387 textos (26565 leituras)
41 áudios (1851 audições)
8 e-livros (1174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/06/19 07:04)
Mary Trujillo