Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DA HORA

Quando entrei encontrei o meu amigo sozinho na cozinha,
Ele não me viu,
Falava palavras intraduzíveis enquanto rodava o corpo sobre o seu eixo...
Pensei: baixou um Santo...

Não, não era nada:
Ele falava sozinho de alguma coisa que fizera e concluía
Em voz mais compreensível,
Batendo atrás de si a porta da geladeira:

- Eita Vodca porreta!
- Affff, Brrrr!

E rodopiava.

Me vendo, simplesmente falou:
- Quer morrer? Quer?
- Beba essa P que eu comprei!

Apontava com o dedo para a geladeira,
Fui ver a marca e era da boa,
Bebi um gole:

- O quê tem?
- É forte, mas é da boa!
- Brrrrrrr! Ah...Up, Up…

Dançando com ele uma espécie de dança da chuva...
Chico Steffanello
Enviado por Chico Steffanello em 30/01/2007
Código do texto: T364163

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chico Steffanello
Sinop - Mato Grosso - Brasil, 61 anos
240 textos (28691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 16:16)
Chico Steffanello