Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volúpia


Chego num calor febril
feito fera no cio.
As garras preparadas,
envolto no perfume do amor!
Na boca o fluxo de néctar,
eloqüente sedução ao ouvido...
Palavras enlouquecedoras,
Mãos trêmulas e enlouquecidas,
pêlos erigidos...
As bocas selam-se uma na outra
como o encontro de dois rios de águas doces!
Gemidos, suor, saliva, corpos cálidos...
Um deleite açucarado!
A pele quente e arrepiada, olhos brilhantes de prazer--
Pernas e braços entrelaçados num emaranhado,
rostos acariciados e cabelos puxados.
Respiração ofegante, aspirações realizadas.
Pulso acelerado, dois em um...
Jorra a seiva em uma única silhueta
de dois seres amantes!
carnes tremulas, almas elevadas...
Amor e desejo eternizado!
Abraços, aconchego e ternura.
No descanso da volúpia...
É assim o nosso amor!!

-- Ludiro / Cristiane de Ângelo
Ludiro
Enviado por Ludiro em 06/02/2007
Código do texto: T372036

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ludiro
São Vicente - São Paulo - Brasil, 42 anos
84 textos (2470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 11:38)
Ludiro