Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No meio da noite

Sou de mim
O que me sobra
E de ser o resto
Não quero de mim
O consumível
Mas o desnível
Entre o que me veste
E o que me desnuda
Zona de silêncio
De sombra e penumbra
E neblina sem faróis
Estradas com paisagens
Encoberta pela noite
Sem lua ou estrelas
Mas apenas noite
Ágil como um Deus
Adormecido e sem sonhos.
Aldo Guerra
Enviado por Aldo Guerra em 20/06/2012
Código do texto: T3734632

Comentários

Sobre o autor
Aldo Guerra
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
296 textos (27975 leituras)
3 áudios (571 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 17:19)
Aldo Guerra