Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERA

ESPERA

Se vens às quatro
Às três já sinto falta.

Se hoje não podes vir,
Melhor o dia não existir.

Se ouço ruído no corredor
Dispara o coração, ansioso.

Que química será essa
Que te trazes a todas as conversas?

Que avaria nos neurônios?
Que descontrole nos hormônios?

Os olhos se fecham autônomos
Deleitando-se em puro sonho.

Os braços se acham, pressurosos
Premeditando o seio gostoso.

Abro janelas, espanto fantasmas
Luz sol chuva em minhas câmaras.

Quem é aquela que vem radiante?
É a amada que reconhece o amante.

Quem é aquele que vibra na chegada?
É o amado ao reconhecer a amada.

O que resta é puro. Dou-t’o e sorves.
jgmoreira
Enviado por jgmoreira em 10/02/2007
Código do texto: T376542


Comentários

Sobre o autor
jgmoreira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
447 textos (4101 leituras)
122 áudios (2981 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 01:19)
jgmoreira