Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALFABETO PSICO-ECOLÓGICO



Amas a natureza
Pois ela te oferta beleza

Bendigas a água
Pois ela não deve ser fonte de mágoa

Cuidas das árvores
Pois ela oxigena, os teus ares

Deixes o céu limpinho
Pois ele te dá a luz, com carinho


Escutes os sons da vida
Pois eles te mostram a saída

Feches a porta para a poluição
Pois ela deteriora tudo, até um coração

Gerencies com sabedoria o teu tempo
Pois ele te dar mais alento

Homenageies um amigo, pode ser até animal
Pois ele se mostrará fraternal

Impeças a matança ... a extinção
Pois ela acabará com a população

Juntes todo lixo que encontrar
Pois ele teu lugar vai contaminar

Limpes teu eu e tua própria casa
Pois o rancor queima como brasa


Mergulhes num quente banho de mansinho
Pois ele vai te esquentar e deixar limpinho

Navegues na alma de um poeta
Pois ele deixa uma porta aberta

Olvides as tuas mágoas e tristezas
Pois com elas, não verás belezas

Plantes muita vegetação
Pois ela alegra a visão

Queiras sempre com Deus estar
Pois ele eternamente irá te ajudar

Rimes muitas letras e palavras
Pois elas serão tuas lavras

Saúdes o sol com alegria
Pois ele é tua fonte de energia

Tranqüilizes um irmão aflito
Pois não haverá ato mais bonito

Unifiques corpo e alma
Pois com elas juntas, haverá mais calma


Vivas a vida com sabedoria
Pois ela é a essência da poesia


Xingues tudo o que não presta
Pois é só o que resta

Zeles pela natureza e pelos amigos
Pois são mais presentes, são abrigos


Denise






 











Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 09/02/2005
Código do texto: T3834


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (952156 leituras)
16 áudios (8940 audições)
311 e-livros (34553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/05/20 14:42)
Denise Severgnini