Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quarto de veludo

Abandonas-me ferida
Presa
No declive estonteante
da vertigem

Quando a chuva desce suave
pela janela e
todas as rosas
murmuram teu nome

Fios de chuvas
transparentes e frias
um exército de teias altas
que enlaçam meu corpo
mas não prendem

Desço lentamente
ao vazio aturdido
do silêncio
do meu quarto de veludo
Vênus B
Enviado por Vênus B em 17/02/2007
Código do texto: T384660

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Vênus B
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
229 textos (4428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 02:27)
Vênus B