Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

frases inacabadas



Hoje, eu voltei no tempo.
Dos meus primeiros rabiscos.
Onde com carinho, procurava.
Formar, minhas primeiras frases.
Na esperança, de escrever.
Á minha primeira poesia.
Não conseguia, apenas frases soltas.
Sem nexo, sem brilho, eram vazias.
Jogadas, pelo chão do meu quarto.
Para ir, se perderem no lixo.
Que nos fins de tarde eu queimava.
Por ali eu ficava, vendo o fogo queimar.
E, admirava aquele risco de fumaça.
Que levava minhas frases,
Inacabadas para o céu.
E ás entregava, nas mãos de Deus.
Deus ás lapidou, e hoje devolve.
Para mim, em forma de poesia.


                Volnei R. Braga






Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 30/07/2005
Código do texto: T39059
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (155172 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/12/20 21:17)
Volnei Rijo Braga