Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite a beira do mar

Nesta noite,
eu queria o ano velho,
eu queria colher as carícias da chuva
sobre a cachoeira luminosa.
Mas a areia inerte
me sucumbe feito conchas
e nem as flores queimadas de cores,
nem os pássaros bordam nuvens atrasadas
no cerrar das cigarras.

nesta noite,
eu queria o vento cheio de perfumes,
eu queria o corpo noturno cheio de vozes...

Meus olhos inclinan-se tristemente para o mar,
para o robusto mar,
a procura de uma claridade trepidante
estendida sobre as largas águas,
e vejo o mar orvalhado de amores,
e já é tempo novo,
já é madrugada.
Jamil Gabardo
Enviado por Jamil Gabardo em 09/03/2007
Código do texto: T406957


Comentários

Sobre o autor
Jamil Gabardo
Curitiba - Paraná - Brasil, 57 anos
102 textos (4120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 11:50)