Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

... um dengo do olhar

... e olho mansamente
a distante rede
do olhar espreguiçado,
do olhar preocupado,
do olhar cansado.
Sopro um verso de meus lábios,
teço a brisa com palavras,
canto aos teus ouvidos a melodia;
e vão vibrantes
aos teus olhos energizados,
culminando com um poema
de acalanto e saudade.
Pupila
Enviado por Pupila em 06/08/2005
Código do texto: T40866
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
724 textos (22728 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 18:15)
Pupila