Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que delicia!!!!

Enquanto o vento acariciava meu corpo
imaginei tuas mãos deslizando sobre mim como um frenético voar...
Sem destino
Sem alguém
sem ninguém
   
          - Gostoso e invejável vento -
Quantos corpos ,mais do que eu,já acariciastes?
Se você nobre vento, fosse obediente , neste momento te pediria:-  Vá até ela e minuciosamente a acaricie com todo o meu desejo....delicioso vento.
SIRIO
Enviado por SIRIO em 12/03/2007
Código do texto: T410289

Comentários

Sobre o autor
SIRIO
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
131 textos (2338 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 08:50)
SIRIO