Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Afirmação.


Vejo-me em seus braços pequena criança
A sorrir a vida incendiada de esperança

Nada mais quero, busco ou peço,
Além daquilo que tenho em seu corpo

Viro fada, recolho do calendário
As mais belas lembranças de nosso cenário

Bailo o que vejo de suas estripulias
Foliã de tantos encantos em suas virilhas

Nasço perfeita a cada manhã
Em que nu desperta-me convite ao desejo

Se há no infinito em que somos dois
Tudo o que nos faz alados, vigoro amante

Sei-nos constante lua cheia
Na casa dos poetas, boêmios apaixonados

Fogosa madrugada em que sou assanhada estrela
Nas garras pernas - lençóis celestes - daquele que eu amo

E ressurjo depois de cada mergulho paixão,
Alucinada letra canção, dedilhada ao futuro

Desmascarado presente, onde pressente minha alma,
O detalhe de ser sempre sua.
Eliane Alcântara
Enviado por Eliane Alcântara em 06/04/2007
Código do texto: T439975

Comentários

Sobre a autora
Eliane Alcântara
Lajinha - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
177 textos (8918 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 17:51)
Eliane Alcântara