Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
domingo


meu domingo

já foi dia
de quase tudo

hoje, é dia
de quase nada

choro de ponteiros viúvos
velando horas mortas, diabas
que ressuscitam nas manhãs
de segunda-feira, sem rabo
e com caras de anjo-papudo

bom seria, metamorfose,
virasse uma primeira-feira
este meu domingo defunto
 
RAUL POUGH
Enviado por RAUL POUGH em 24/08/2005
Reeditado em 24/06/2011
Código do texto: T44899


Comentários

Sobre o autor
RAUL POUGH
Curitiba - Paraná - Brasil
184 textos (13113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/05/20 17:47)
RAUL POUGH