Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lusco-Fusco


Estende-se no ardente seio do vale,
Onde o vento suspira docemente,
Um rubor elanguescido, dolente,
Fiel esposo dos vastos plúmbeos céus!...
 
Estrelinhas pirilampam nos véus
Lusco-fuscos de um olhar eloquente,
Encaminhando-me à luz do ocidente,
Minorando o meu desmaiado xale...
 
Guardo, timidamente, a mia poesia
Encanastrada em pios de nostalgia
Que acompanham o negro pululante.
 
E antes que surja o meu pascácio dia,
E a saudade me aperte o peito arfante,
Deito a minh'alma num Céu Rubro e ovante!
Cristina Pires
Enviado por Cristina Pires em 16/02/2005
Reeditado em 16/02/2005
Código do texto: T4510


Comentários

Sobre a autora
Cristina Pires
França, 54 anos
87 textos (7325 leituras)
1 áudios (37 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/05/20 23:18)
Cristina Pires