Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Circo

Pobre do circo mambembe
Com seu palhaço sem graça,
Com seu leão magricelo
Que pelas grades já passa.

Lona amarela e antiga,
Céu do menino que salta,
Longe da escola e dos livros
Em seu trapézio peralta.

Muito talento esquecido,
Vemos nos truques do mágico,
Jovem como o trapezista,
Dentro do mesmo ato trágico.

Pobre família do circo,
Sem o seu brilho antigo.
Vivendo de periferias,
Não tendo futuro consigo.
26/06/05
Bruno Philippsen
Enviado por Bruno Philippsen em 31/08/2005
Código do texto: T46620


Comentários

Sobre o autor
Bruno Philippsen
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - Brasil, 35 anos
82 textos (5782 leituras)
2 áudios (68 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/07/20 19:04)
Bruno Philippsen