Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

passou...

Mordo o instante tenso,
enlouquecidas palavras soltas
esvaem-se ao vento,
grito a ausência do tempo,
indigestão de minutos engolidos
sem mastigação preguiçosa.

Não nascem versos,
dedos indecisos e semitonados
melodiam engasgados
estes fragmentos do tempo,
ficam lentos ao relento;
...mais um poema passou.
Pupila
Enviado por Pupila em 01/09/2005
Código do texto: T46893
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
724 textos (22722 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/07/20 13:50)
Pupila