Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MOMENTO

MOMENTO



É suposto que,
Quando o vento passa,
Não deixe mais
Que um breve sinal
De passagem,
Na folha
Que trémula deixou,
Quando se fez momento,
Breve,
De sua breve passagem.

A árvore ficou.

E o vento,
É uma recordação –

Aragem
Sossegando a folha,
Que o vento beijou.

Jorge Humberto in Fotogravuras I
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 22/02/2005
Código do texto: T4911

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 54 anos
2650 textos (69871 leituras)
22 áudios (949 audições)
13 e-livros (548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/20 17:02)
Jorge Humberto