Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pranto

Pranto...

emudece os caminhos,
umidece os versos,
derrapa na poesia,
inunda a alma,
gruda na memória.

Ah poeta,
sempre cantaste no compasso
da saudade que chora;
e não tem hora.
Pupila
Enviado por Pupila em 09/09/2005
Reeditado em 09/09/2005
Código do texto: T49126
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
724 textos (22723 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/07/20 09:37)
Pupila