Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SILÊNCIO DE ÁGUA E FLOR



Havia cumplicidade na flor e na água
A flor divagava em seu pranto de dor
A água sorria à vida, mesmo triste
Pariam versos coloridos, gestados
No ventre doce da poesia que delas emanava
A estiagem chegou ao templo, calou a voz
A flor despetalou-se...naufragou no tempo...
A água seguiu viagem num além distante
A poesia clama a cada instante
Buscando as antigas inspirações
O tempo urge, mas é efêmero
O certo é um duvidoso adeus
Sem palavras ditas,
Marcado apenas no silêncio de água e flor
Havia um tempo no qual florescia o amor



 
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 22/02/2005
Código do texto: T4935


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (952170 leituras)
16 áudios (8940 audições)
311 e-livros (34553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/05/20 20:13)
Denise Severgnini